Como eu faço para emagrecer: 8 razões pelas quais você não está perdendo gordura corporal.

mulher-malhada-segurando-pesos

Muitos de nós passamos anos e anos tentando nos livrar da gordura sem sucesso. Entramos no efeito sanfona e acabamos cada vez mais frustrados com o rolos do meio do caminho.

Parece que a gente come a coisa certa, na hora certa, do jeito certo e nada de servir nas calças. Tiramos motivação do além, só para não resistir à aquele pacote de bolacha recheada. Infelizmente, no fim acabamos falhando e nos tornamos clientes insatisfeitos da academia.
A perda de gordura pode ser o objetivo fitness mais comum, mas definitivamente não é uma tarefa fácil de se alcançar.

Se você estiver na luta contra a gordura há muito tempo e sem ganhar um round sequer, provavelmente está cometendo algum desses erros.
Não se dê por vencido ainda. Abaixo deixamos algumas dicas do que você pode estar fazendo errado, para que você volte a luta e ganhe por knockout.

Erro 1. Você come demais.

Eu sei que isso parece óbvio, mas muitas pessoas realmente não sabem quantas calorias elas realmente estão consumindo. Por exemplo, pedir uma salada pode parecer uma escolha saudável, mas uma simples salada por ser uma refeição de 600 calorias, assim, sem você nem perceber. Molhos, ketchup e óleos têm calorias que você provavelmente nem sequer lembra. Principalmente se você não cozinha regularmente em casa, provavelmente está comendo mais calorias do que você pensa.

Sempre nos dizem que o simples processo de perda de peso é comer menos calorias do que você gasta ao longo do dia. No entanto, essa metodologia de “calorias em calorias” simplifica demais as questões. Hipoteticamente, esse sistema funcionaria se você comesse 1.500 calorias de cheesecake por dia e queimasse 2.000, mas o corpo humano não é uma calculadora. O tipo de calorias que você come importa.
Uma dieta só de carboidratos não o ajudará a alcançar seus objetivos de perda de gordura. Você precisa da combinação correta de proteínas, carboidratos e gorduras saudáveis para construir músculos e queimar gordura.

Para a maioria das pessoas, a tática do 40/40/20 funciona muito bem. Se 40 porcento dos seus alimentos provêm de carboidratos, 40 por cento das proteínas e 20 porcento da gordura, normalmente resulta em mudanças positivas. No entanto, essa relação não é a regra de ouro para todos os tipos de corpo e objetivos. Você tem que encontrar o que funciona melhor para você.
Muitas pessoas precisam diminuir bastante seus carboidratos para queimar gordura com sucesso. Se você fizer isso, certifique-se de aumentar sua ingestão de gordura pelo menos um pouco para dar ao seu corpo uma fonte de energia alternativa.

Erro 2. Você não come proteína o suficiente.

A proteína faz mais do que apenas construir e reparar o tecido muscular.
As proteínas aumentam a saciedade nas refeições, o que pode ajudá-lo a sentir-se com menos fome e, portanto, comer menos ao longo do dia.

Dietas ricas em proteínas também podem ter resultados positivos nos lipídios sanguíneos do corpo, nos níveis de glicose e nas relações músculo-gordura.

A proteína é uma grande fator na perda de gordura, mas não pense que você verá resultados rápidos simplesmente adicionando alguns frangos à sua dieta. A perda de gordura requer uma dedicação consistente para que você finalmente comece a ver resultados.
Escolha alimentos ricos em proteínas em todas as principais refeições – ao invés de refeições carregadas de carboidratos – e você verá resultados progressivos.

Erro 3. Você bebe demais.

O único líquido que seu corpo realmente precisa é a água. Claro que você pode tomar café, chá e às vezes leite, mas um fluxo constante de bebidas açucaradas irá prejudicar a perda de gordura. Aquele cappuccino que você tanto gosta pode facilmente ter mais de 300 calorias! Se você está bebendo mais de 300 calorias toda manhã, você está você está quase maltratando seu corpo. Perder gordura pode ser bastante difícil, não torne esse processo ainda mais complicado.

Bebida alcoólica também pode fazer você perder a guerra. Uma cerveja de vez em quando não vai te machucar, mas é extrema importância que você pare de exagerar nos fins de semana. As bebidas alcoólicas geralmente são calóricas e seu corpo as armazena como gordura.

Erro 4. Você pensa que comida saudável não tem calorias.

Não importa quão saudável seja um alimento; Se você comer demais, você terá dificuldade em perder gordura. É claro que é importante comer alimentos integrais, mas comer em excesso, mesmo que se tratando de amêndoas, pães integrais, queijo light, ainda é comer demais.
Um exemplo de alimento saudável que tem calorias demais são amêndoas. Os ômegas e micronutrientes nestes “superalimentos” são maravilhosos para sua saúde, mas as calorias que eles carregam podem ser excessivas.

Isso não significa que você deve evitá-los, mas sim, quando você pegar algumas amêndoas para um lanche, não coma milhões.
Limite-se a 10 amêndoas. Embora a gordura nas amêndoas seja boa, é melhor se encher com alimentos menos calóricos, como verduras e vegetais.

Erro 5. Você não treina com a intensidade necessária.

Os iniciantes devem começar devagar. No entanto, à medida que você se acostumar com os pesos, as máquinas e a atmosfera da academia, você tem que aumentar seu esforço cada vez mais. Você não pode se sentir confortável, ou você vai acabar parado no mesmo lugar.

Não lembro nem de quantas vezes eu vi mulheres fazendo exercícios com 1kg por medo de ficar musculosa. Ouça, você tem que pegar pesado e isso dificilmente vai te dar algo além de um corpo firme e um bocado menos de gordura corporal.
Se a perda de gordura é o seu objetivo, você deve criar uma demanda de energia extrema para que seu corpo possa mudar. Levantar os mesmos pesos leves dia após dia não ajudará você a fazer isso ou a atender a qualquer outro dos seus objetivos físicos.

Erro 6. Você está fazendo muito exercício de baixa intensidade.

Eu sei, você provavelmente está pensando consigo mesmo: “Ele não me disse para treinar mais intensamente? Agora ele está me dizendo que eu estou fazendo demais?!” Bem, cardio não é treino de resistência. Ele é focado em algo completamente diferente. Não espere que duas horas na esteira vá produzir os mesmos resultados que uma hora intensa de musculação.

Se você quer fazer cardio, tente incorporar HIIT – treinamento intervalado de alta intensidade. Ao incorporar todo o seu corpo e encurtar os períodos de descanso, você irá desafiar seu sistema cardiovascular, assim como seu sistema muscular. Isso significa mais resultado para o seu esforço.

Erro 7. Você está estressado.

Stress é um assassino silencioso. Quando você fica estressado, seu corpo produz cortisol acima dos níveis normais. O cortisol cronicamente elevado pode ser responsável pelo aumento do armazenamento de gordura corporal e outras consequências negativas. Mesmo que sua dieta e treinamento sejam perfeitos, o estresse excessivo pode impedir você de alcançar seus objetivos de perda de gordura.

Relaxe! Embora isso possa ser mais fácil dizer do que fazer, aplicar técnicas de relaxamento ao seu dia pode ter um grande impacto no seu físico e saúde geral. Experimente yoga, tome banho, leia um livro, veja um filme ou invista em 10-15 minutos de meditação simples.

Erro 8. Você não dorme o suficiente.

Como o estresse, se privar de sono eleva o cortisol. Quando você não dorme o suficiente, sua sensibilidade à insulina também diminui. Combinados, esses problemas criam um ambiente de perda de gordura menos o que ideal para dizer o mínimo.
Para atingir seu objetivo físico, priorize o sono. Ir para balada a noite inteira, descansar poucas horas , trabalhar no dia seguinte e esperar que seu corpo responda positivamente, é loucura. Tente dormir pelo menos 8 horas por noite. Limite o uso de eletrônicos, não beba cafeína à noite, e tenha paciência durante esta jornada.

Faça seu comentário

*Preencha os campos corretamente