Ovos: como utilizá-los para ganhar massa muscular.

Que mania que todo mundo tem de jogar as gemas fora, afinal, a gente está correndo do colesterol alto, não é?

Na década de 1990 o rumor sobre a gema aumentar seu colesterol e obstruir suas veias estava tão em alta, que todas as pessoas com alguma consciência de saúde passaram a cortá-las de suas dietas.

Restaurantes passaram a anunciar pratos livres de colesterol – e também de sabor, nutrientes e cor -fisiculturistas eliminaram-nas de seus cardápios com medo do que poderiam fazer aos seus corpos.

O pensamento era que comer gordura produzia gordura e como gemas contêm grande quantidade, foi um grande adeus às gemas.
Hoje temos uma noção melhor disso e sabemos que não é bem assim, preto no branco, como acreditávamos nos anos 90.

Pesquisadores de duas grandes universidades, uma em Illinois e outra em Toronto, confirmam que comer o ovo inteiro, com gema e tudo, aumenta a síntese de proteínas!

Isso quer dizer que comer ovos pode fazer milagres à construção de massa muscular.

Como eles fizeram isso?

Os pesquisadores recrutaram 10 homens que treinam pesado, todos com a mesma idade. Cada um deles recebeu uma dose de aminoácidos quimicamente tratados enquanto faziam treinos curtos de quatro séries e dez repetições de leg press e extensão de pernas. Após o treino, eles recebiam ou ovos inteiros ou claras de ovos.

Os ovos inteiros continham 18 gramas de proteína e 17 gramas de gordura, enquanto as claras possuíam 18 gramas de proteína e zero gramas de gordura. Todos os ovos continham 18 gramas de proteína e 17 gramas de gordura, enquanto as claras continham 18 gramas de proteína e 0 gramas de gordura.

Todos os participantes fizeram ambos os testes, tanto os de consumir somente as claras, como os de consumir os ovos inteiros.

ovos

O que eles encontraram?

Amostras de sangue e biópsias musculares revelaram que a leucina de aminoácidos entrou no sangue mais rápido depois de comer clara de ovo, mas, em geral, os níveis de leucina foram os mesmos em ambos os grupos durante a maior parte do período de pós-refeição de 5 horas.

No entanto, o grupo dos ovos inteiros teve um aumento maior no mTOR, complexo importantíssimo para o crescimento muscular. Quanto maiores os níveis de mTOR, maior a síntese de proteínas.

O mais importante de tudo, porém, foi que o grupo que comeu ovos inteiros aumentou a síntese de proteína cerca de 45{d0dedf69f6880d5fcc2ba473c4bc4b6cfe5eaa60eab8d6b32113838d3d9fd17e} a mais que o grupo das claras.

O que isso significa para você?

Mesmo os pesquisadores não tendo certeza do motivo dos ovos inteiros serem mais eficazes no desenvolvimento dos músculos do que as claras de ovos, eles presumiram que tinha algo a ver com a quantidade extra de nutrientes.

O que isso significa é que, provavelmente, a quantidade extra de vitaminas, minerais, fitonutrientes, fenóis, gorduras, etc, em ovos inteiros não só resultam mais músculos, como também fazem bem ao corpo.

Claro, é sempre bom consultar um nutricionista, fazer exames frequentemente e garantir que sua alimentação não está prejudicando sua saúde – seja está cheia de ovos inteiros ou não, mas, se eu tivesse que dar um conselho logo de cara eu diria: pare de jogar suas gemas no lixo.

Faça seu comentário

*Preencha os campos corretamente